• Bumbum à Brasileira Alavanca Cirurgias de Prótese de Glúteo

    por  • 8 de abril de 2013 • Corpo

    Bumbum Empinado

    Corpo torneado, definido, desenhado. Quem vive no país tropical chamado Brasil já se acostumou às curvas e ao bumbum saliente. Mas em terra de misturas étnicas como a nossa, nem todos herdam o famoso “derrière” empinado. Quando a genética não ajuda, não há musculação que seja capaz de dar o volume tão almejado. Em busca desse desejo, muitas mulheres – e até alguns homens – têm procurado as clínicas de cirurgia plástica para fazer a gluteoplastia, que é a cirurgia de prótese de bumbum.
     
    Ideal para quem quer dar volume, melhorar a forma, corrigir imperfeições ou simplesmente levantar os glúteos, a técnica vem ganhando novos adeptos ano a ano. Uma pesquisa feita pelo IBOPE em 2009 já mostrava a tendência de crescimento. Considerando as quase 159 mil cirurgias que utilizaram implantes de silicone naquele ano, 156.918 foram feitas em mulheres. Desse total, 5% (7.771 procedimentos) fizeram a gluteoplastia. Entre os homens, do total de 1.793 cirurgias realizadas com próteses de silicone, 18% delas – ou 320 procedimentos – também foram de prótese de glúteos.
     
    Dados mais recentes vêm da indústria Silimed, principal fabricante de próteses de silicone da América Latina. No segundo semestre de 2011 a empresa vendeu 23% a mais de próteses glúteas em comparação aos seis primeiros meses do ano. E o salto comparativo com 2010 já tinha sido grande: 62% de aumento comparando o primeiro semestre de 2010 com o mesmo período de 2011.
     
    A Clínica Zamarian comprova a tendência observada em território nacional.
     

    Neste ano já realizamos o dobro de cirurgias de prótese de glúteos em comparação ao mesmo período do ano passado. Em 2011, do total de 550 procedimentos realizados, 4% foram para aumentar e definir o bumbum.

     
    É observando essa onda crescente de casos bem sucedidos, somada à experiência e perícia técnica dos médicos, que mais pacientes buscam o procedimento. Personalidades, como a apresentadora Ana Maria Braga, fizeram a cirurgia e, com isso, também instigaram a maior procura pela prótese de glúteo.
     

    O Desejo

    Aumenta procura por Prótese de Glúteo na Clínica ZamarianQuem chega ao consultório em busca da cirurgia de prótese de silicone de glúteos geralmente tem uma ideia em mente: dar projeção ao bumbum. Mas as possibilidades técnicas dessa cirurgia vão além, podendo melhorar também o contorno e a textura da pele, além de corrigir defeitos genéticos e imperfeições nas nádegas.
     
    Pacientes que sofreram perda excessiva de peso, ou tiveram perdas hormonais, também são beneficiados com a cirurgia – o que inclui pessoas que passaram por cirurgias bariátricas. Com a perda de gordura, os glúteos perdem a definição e ficam “caídos”. A prótese dá volume e traz de volta o bumbum desejado, além da autoestima e autoconfiança renovadas.
     

    A Técnica de Prótese de Glúteo

    Uma das metas dos procedimentos estéticos é a busca por um resultado natural. E isso não é diferente nas cirurgias de próteses de silicone para os glúteos. Para chegar a esse objetivo, elas precisam ser colocadas em uma camada mais profunda, coberta por músculos. A prótese fica entre o músculo glúteo máximo e o médio. O resultado agrada, dando a impressão de que o músculo cresceu.
     
    Para completar a naturalidade, cabe ao cirurgião escolher o melhor formato e volume da prótese respeitando o perfil anatômico e desejo do paciente. Os mais utilizados são o oval e o redondo, sendo que o Dr. Zamarian dá preferência para o formato redondo. Eles têm diferenças na projeção e na altura para se ajustar ao biotipo de cada um. O material normalmente é liso e os volumes mais usuais ficam entre 260 e 330 ml, podendo chegar até a 550 ml (confeccionado sob medida), como o adotado pela funkeira Valesca Popozuda.
     
    Segundo orientações do fabricante, para as pacientes que têm o corpo onde os ombros e costas são maiores que os quadris (forma de maçã), as próteses arredondadas são as mais recomendadas. Já quem é do tipo pera, comum à mulher brasileira, com quadris e coxas mais largos que os ombros e o busto, as próteses ovais são as mais adequadas pois alteram também o corpo nas dimensões laterais, dando harmonia ao resultado final. A escolha da melhor opção vai depender do desejo da paciente e será definida com o auxílio e conhecimento do cirurgião plástico.
     
    Dr. Zamarian tem optado pelos implantes redondos (Robles) para quase a totalidade de suas pacientes, pois a grande maioria deseja um bumbum arredondado, independente de seu porte físico.
     
    O procedimento não deixa cicatrizes visíveis. A cirurgia é realizada apenas com uma incisão entre os glúteos, acima do cóccix, e dura em média uma hora e meia. Ela é feita em ambiente hospitalar e a anestesia pode ser peridural ou geral.
     
    Por vezes é preciso associar outros procedimentos, como lifting de coxas, para um melhor resultado. Essa combinação é recomendada em casos de flacidez significativa. A lipoaspiração também pode ser associada para diminuir flancos e/ou culotes, conferindo um melhor formato ao bumbum.
     
    As complicações nesse procedimento são raras. Uma das complicações mais temidas no caso das próteses de mamas, a contratura capsular ou rejeição, é praticamente inexistente na cirurgia de prótese de bumbum, uma vez que o músculo glúteo está constantemente massageando a cápsula, tornando-a macia e conferindo aspecto natural à cirurgia.
     
    Diferente da lipoescultura, onde é injetada gordura que pode ser reabsorvida pelo organismo, a prótese de silicone tem um resultado mais previsível. Os resultados finais são percebidos cerca de dois a seis meses após a cirurgia.
     

    A Segurança

    Para garantir a segurança do paciente, a prótese de glúteo é mais resistente e consistente do que a colocada nos seios. Isso porque o local está mais suscetível a traumas e tem a pressão do corpo quando a pessoa se senta. Elas são preenchidas por um gel de silicone de alta coesividade, em outras palavras, as moléculas apresentam alto poder de ligação, se mantendo unidas umas às outras, o que faz com que o gel não escorra caso a prótese se rompa.
     
    As próteses não têm “data de validade”. Com a evolução do material, elas podem ficar até de forma permanente no organismo, mantendo a integridade, mas tendo que ser substituídas no caso de ruptura. O acompanhamento médico é importante para avaliá-las periodicamente.
     

    Os Cuidados Pós-cirúrgicos

    A cirurgia é praticamente indolor, mas tem um inconveniente: o paciente precisa ficar um mês sem se sentar, permanecendo em pé ou deitado de barriga para baixo. A atividade física pode ser retomada, em média, entre 60 e 90 dias após o procedimento, de forma lenta e gradual. O uso de malhas compressivas (cinta modeladora) é indicado, assim como sessões de drenagem linfática com fisioterapeuta especializado.
     

    Pacientes que colocaram a prótese glútea não podem tomar injeções intramusculares no local pelo risco do medicamento ser injetado dentro da prótese e não no organismo, anulando a eficácia. Além disso, há o risco de perfurar a prótese.

    Sobre

    Dr Walter Zamarian Jr, Cirurgião Plástico na Clínica Zamarian de Cirurgia Plástica, info@zamarian.com.br Rua Senador Souza Naves, 1035, sala 9 Londrina, PR, Brasil, CEP: 86010-160 Tel.: (43) 3356-0506

    http://www.cirurgiaplasticalondrina.com.br/