Você pode diminuir os pequenos lábios vaginais com cirurgia íntima.

A ninfoplastia

Muitas pessoas têm dúvidas, o assunto gera muitas perguntas, mas a notícia é ótima para as mulheres: a cirurgia íntima é uma realidade. Com maior frequência do que se imagina, algumas mulheres passam por constrangimentos diários, não só consigo, mas também com seu parceiro. O motivo? Os genitais podem adquirir formas e proporções inestéticas. A ninfoplastia, ou labioplastia, é a cirurgia íntima de redução dos pequenos lábios vaginais.

Para entender o que acontece, vamos às explicações: quando passa pela puberdade, a mulher pode ter um desenvolvimento anormal dos pequenos lábios vaginais, que podem adquirir um tamanho desproporcional, por vezes, tornando-se maiores que os grandes lábios. Além do desconforto estético, a alteração pode causar dor e desconforto físico. Tudo isso pode ser corrigido com a ninfoplastia.

Técnicas

Existem, basicamente, três técnicas principais de redução dos pequenos lábios pela ninfoplastia Londrina:

Longitudinal

Essa técnica consiste na retirada de pele ao longo de toda a extensão dos pequenos lábios vaginais. Dessa forma, pode-se nivelar os pequenos lábios vaginais com os grandes lábios vaginais, dando um aspecto bem mais estético e atraente à região íntima feminina, diminuindo eventual dor, desconforto físico ou estético que possam existir. Nessa técnica, desenha-se o excesso de pele em toda a extensão dos pequenos lábios vaginais, desde próximo ao clitóris até a parte mais posterior onde haja excesso, podendo chegar próximo à parede posterior da vagina, em algumas pacientes, mas na maioria dos casos o excesso termina um pouco antes. O excesso de pele é retirado, com uma sutura absorvível em toda a extensão dos pequenos lábios. É a técnica de escolha pelo Dr. Zamarian Jr. pelos excelentes resultados obtidos e praticamente sem complicações. A ressecção longitudinal exige um pouco mais de sensibilidade do cirurgião plástico, que deve ser detalhista para que ambos os lábios vaginais fiquem simétricos e nivelados, porém os resultados são os melhores, quando a técnica é bem executada.

Em cunha

Trata-se de uma técnica de execução mais simples e que exige menos do cirurgião plástico, porém os resultados são um pouco inferiores à técnica longitudinal. Na ressecção em cunha, desenha-se uma cunha (tipo pedaço de pizza) em cada pequeno lábio, compreendendo a área de maior excesso de pele. Retira-se todo o tecido e a sutura também é realizada com fios absorvíveis, ficando de forma transversal em relação aos lábios vaginais. Dr. Zamarian Jr. não realiza essa técnica por dois motivos: não trata o excesso em toda a extensão e a sutura pode causar uma pequena retração (uma depressão) onde ela é realizada. Para evitar isso, alguns cirurgiões utilizam alguns retalhos (tipo zetaplastia) para quebrar a cicatriz e permitir uma recuperação uniforme.

Laser

O laser tem sido cada vez mais utilizado na medicina e alguns cirurgiões encontraram seu uso na ninfoplastia. O laser é disparado nos pequenos lábios, causando retração dos pequenos lábios e melhora do aspecto estético. Dr. Zamarian Jr. também não realiza a cirurgia plástica de ninfoplastia com laser. Por quais motivos? “O resultado pode ser às vezes imprevisível, podendo deixar tecido em excesso ainda, ou realizar uma retração exagerada, além do pós-laser ser bem mais dolorido que o pós-operatório convencional. Outra complicação comum relacionada ao laser nessa cirurgia é a alteração na pigmentação (cor) dos pequenos lábios vaginais”, ressalta.

Pré-operatório

A consulta

Durante a consulta médica, Dr. Zamarian irá avaliar os pequenos lábios, verificando o excesso existente, sua extensão e forma, se há assimetria entre um lado e o outro, e irá traçar o plano cirúrgico que melhor se enquadra para seu caso. Ele terá uma conversa com você sobre os detalhes da cirurgia, como a quantidade de tecido que irá ser retirada, explicando o que poderá melhorar no aspecto da região genital, além de informar sobre os cuidados de pós-operatório e como ter uma recuperação tranquila.

Exames necessários

Dr. Zamarian solicita os seguintes exames para adequada avaliação pré-operatória:

A anestesia

A ninfoplastia é uma cirurgia rápida e pode ser realizada tanto sob anestesia raquidiana em sela, com sedação, ou sob anestesia geral. Em ambos casos, a paciente tem alta no mesmo dia, assim que houver recuperação completa da anestesia.

A cirurgia

A redução de um ou de ambos pequenos lábios vaginais é realizada de forma rápida e simples, com a paciente sedada e sob anestesia local em um centro cirúrgico. A duração média aproximada da cirurgia é de 30 minutos.

A paciente que realiza a redução dos pequenos lábios não precisa ficar internada e recebe alta no mesmo dia da operação, depois de poucas horas após o término da cirurgia. O procedimento é realizado com uma retirada do excesso de tecido no sentido longitudinal, fazendo com que os pequenos lábios estejam praticamente nivelados com os grandes lábios. Os pontos são absorvíveis e não necessitam ser retirados, podendo a paciente voltar às atividades laborativas em três dias. Quanto às atividades físicas, a retomada deverá se dar em cerca de três semanas.

Além disso, quando há indicação por parte do cirurgião plástico, a ninfoplastia pode ser associada a outros procedimentos de cirurgia íntima, como a lipoaspiração pubiana, devido ao excesso de gordura no monte de Vênus da paciente que o torna volumoso; enxerto de gordura da própria paciente nos grandes lábios, para melhorar a flacidez em mulheres com idade mais avançada, entre outros.

Tanto a recuperação da ninfoplastia quanto de qualquer outra cirurgia plástica realizada na região genital feminina é bastante tranquila e não exige a retirada de pontos, que caem espontaneamente em algumas semanas. Cerca de 2 meses depois, o resultado final já está 90% visível.

Pós-operatório

Dr. Zamarian recomenda um mês sem exercícios físicos e sem atividade sexual. A atividade sexual é liberada após trinta dias, quando a cicatrização já está completa. Após esse período, pode-se realizar exercícios leves e, após dois meses, pode-se retornar às atividades plenas. O uso de sulfadiazina de prata a 1% é indicado na primeira semana, com a finalidade de diminuir o risco de infecção, por se tratar de uma área úmida. A paciente pode caminhar normalmente, se sentar, trabalhar, e realizar atividades leves. Nada disso compromete a cirurgia ou seu resultado. A alimentação no pós-operatório é livre, não havendo restrições. Essa cirurgia dispensa a retirada de pontos, pois é utilizado material absorvível. Não há necessidade de tratamento complementar, como drenagem linfática e endermologia, e nem a utilização de malha compressiva. A recuperação da ninfoplastia é bem tranquila, praticamente indolor, com mínimo desconforto. O índice de satisfação das pacientes operadas é altíssimo, e os resultados das pacientes operadas pelo Dr. Zamarian têm sido excelentes.

Lipoaspiração pubiana

Muitas mulheres apresentam um excesso de gordura na região pubiana, que é popularmente conhecido como “capô de fusca”. Para esse incômodo há solução! Dr. Zamarian Jr. realiza a lipoaspiração pubiana, a fim de se retirar o excesso de gordura que tanto incomoda quando se coloca calcinha, biquíni ou calça de lycra.

O procedimento é realizado no centro cirúrgico, de modo tranquilo em que a paciente não permanece acordada durante a cirurgia por causa da anestesia. São realizados dois orifícios (um de cada lado, na região inguinal), por onde se introduz a solução com adrenalina e as cânulas finas de lipoaspiração. Da mesma forma que no homem, o procedimento não interfere na sensibilidade dos órgãos genitais e nem no prazer sexual, após a recuperação.

A quantidade retirada de gordura pode variar de 100 ml, nos casos mais brandos, a 1000 ml nos casos onde há um excesso muito grande de gordura na região pubiana. Em média, retira-se de 200 a 300 ml de gordura, o que já é suficiente para diminuir a projeção dessa região, na grande maioria dos casos.

Indica-se a drenagem linfática para ser iniciada no quinto dia após a cirurgia, seguida da endermologia, para tornar a cicatrização daquela região macia e natural, sem fibroses ou aderências.

A lipoaspiração pubiana pode ser realizada em conjunto com outras cirurgias íntimas, como ninfoplastia ou enxerto de gordura nos lábios vaginais, ou como complemento de uma lipoaspiração de abdômen, flancos e dorso, por exemplo.

Enxerto de gordura nos grandes lábios vaginais

Com a idade, o organismo tende a realizar algumas mudanças, entre elas a atrofia de gordura nos grandes lábios vaginais. Em verdade, algumas mulheres já apresentam essa diminuição de volume dos grandes lábios, mas isso também pode ser decorrente de perda de peso ou diminuição natural de acordo com o envelhecimento.

Os grandes lábios vaginais podem, então, ter um aspecto flácido, sem volume, com um pequeno excesso de pele, causando desconforto estético à mulher. O tratamento para essa diminuição de volume dos grandes lábios é com preenchimento. O Dr. Zamarian Jr. opta pela gordura por ser um método natural de preenchimento, não causando rejeição ou danos secundários.

Em uma cirurgia de cerca de uma hora, Dr. Zamarian Jr. retira gordura periumbilical ou dos flancos para realizar o enxerto de gordura nos grandes lábios vaginais. A gordura é preparada através da flutuação, retirando-se o soro com adrenalina utilizado para sua retirada. Em seguida, a gordura é homogeneizada através de um aparelho que se chama transferidor de gordura, a fim de que a gordura enxertada não seja formada por grumos. Após o enxerto, o aspecto é natural e bastante satisfatório.

O único detalhe dessa forma de preenchimento é que pode ser necessária mais de uma sessão, pois cada organismo vai absorver a gordura enxertada de forma diferente. Em média, a gordura que se utiliza para o enxerto é absorvida de 50 a 60%. Por esse motivo, Dr. Zamarian Jr. realiza um enxerto com um volume um pouco maior do que o resultado final desejado, para parcialmente compensar a absorção.

Os resultados do enxerto de gordura nos grandes lábios vaginais são excelentes e devolvem à mulher a confiança perdida. Entre em contato com a Clínica Zamarian para saber mais sobre o enxerto de gordura nos grandes lábios vaginais.

Prepúcio feminino

Da mesma forma que o homem tem o prepúcio que recobre sua glande, a mulher também tem um prepúcio (pele) que recobre o clitóris. Embriologicamente, o clitóris é análogo ao pênis e é zona erógena mais importante da mulher.

Em algumas mulheres, o prepúcio pode ser exagerado, conferindo uma sobra de pele que recobre totalmente o clitóris, podendo em alguns casos diminuir o prazer feminino. Quando isso ocorre, pode ser indicada a cirurgia plástica para diminuir o excesso de pele sobre o clitóris, a fim de se aumentar o estímulo sexual na mulher. Esse tipo de cirurgia que expõe o clitóris às vezes é indicado para tratar disfunção sexual feminina do tipo anorgasmia (ausência de orgasmo).

Cirurgia íntima masculina

Não é exclusividade das mulheres a preocupação com a região íntima. Os homens podem ter necessidade de realizar sua primeira cirurgia íntima já na infância, pelo cirurgião pediátrico (ou cirurgião infantil), que é muito procurado para postectomia (diminuição do excesso de pele ao redor da glande). Outra preocupação masculina desde o nascimento é com os casos de hipospádia ou epispádia, que consistem em uma exteriorização da uretra em posição anômala, podendo ser corrigido por um cirurgião infantil, urologista ou cirurgião plástico que realize a correção.

Na Clínica Zamarian, a maioria das queixas masculinas sobre a área íntima consiste em excesso de gordura na região pubiana (na frente do osso púbis, superiormente ao pênis). O homem hesita em procurar um cirurgião plástico para realizar uma lipoaspiração pubiana, mais que a mulher, mas quando o faz é porque realmente o incomoda. “Temos notado cada vez mais uma preocupação com relação ao aspecto estético da região íntima, tanto em homens, quanto em mulheres”, revela o Dr. Zamarian Jr.

Lipoaspiração pubiana no homem

O procedimento é realizado no centro cirúrgico, sob anestesia local e sedação ou geral, o que transmite maior tranquilidade e segurança ao homem. Através de duas pequenas incisões, uma em cada lado, na região inguinal, injeta-se o líquido contendo adrenalina, para minimizar o sangramento. Em seguida, realiza-se uma lipoaspiração com cânula fina, em um procedimento que dura aproximadamente 30 minutos.

Não existem complicações, como impotência sexual ou disfunção erétil. O procedimento é superficial e não chega nem perto da inervação peniana, podendo o homem realizar a cirurgia sem esse medo, esperando apenas um inchaço local e poucas equimoses (roxos), que costumam melhorar rapidamente em duas ou três semanas.

Da mesma forma que na lipoaspiração pubiana feminina, indica-se a drenagem linfática e endermologia, que devem começar no quinto e décimo dias após a cirurgia, respectivamente.

Você se sente incomodada com a aparência de sua região íntima?

Descubra como a cirurgia íntima pode devolver sua sensualidade, autoestima e confiança que você merece! Quer com ninfoplastia, redução do prepúcio feminino, diminuição ou aumento dos grandes lábios, lipoaspiração pubiana entre outros, Dr. Walter Zamarian Jr. tem como objetivo principal deixar você mais linda, feliz e segura de si.

Pronta para realizar essa mudança? Agende uma consulta!

Ligue para agendar sua consulta para cirurgia íntima em Londrina - PR

(43) 3356-0506

Cirurgião Plástico em Londrina - PR

info@zamarian.com.br

Rua João Wyclif, 111, Sala 1702
Londrina - PR
CEP 86050-450
Brasil

📞 (43) 3356-0506

🕑 segunda a sábado 8:00 - 12:00 h
segunda a sexta 14:00 - 18:00 h

5/5 estrelas baseado em 5 comentários